Lei de Incentivo ao Esporte

Lei de Incentivo ao Esporte promove a projeção do esporte Brasileiro por meio de benefícios fiscais

Projetar o esporte por meio da captação de recursos via benefícios fiscais é um dos principais objetivos da Lei nº 11.438/06, conhecida como Lei de Incentivo ao Esporte (LIE), regulamentada por decreto do presidente Lula em agosto de 2007.

Equiparada à Lei de Incentivo à Cultura, a LIE prevê que pessoas físicas ou jurídicas possam destinar parte de seu Imposto de Renda para projetos esportivos, respeitando-se o limite de 1% sobre o lucro real, para pessoas jurídicas, e até 6% para pessoas físicas.

A lei representa uma importante conquista, já que o esporte brasileiro passa a contar com mais uma ferramenta que auxilia na sua projeção nacional e internacional. Existem Inúmeras vantagens para as empresas interessadas em usufruir da lei. “Além dos benefícios fiscais, a imagem da empresa se fortalece ao apoiar um projeto esportivo, o que, sem dúvida, agrega valor à marca e garante um marketing de responsabilidade social e Esportivo. Todos saem ganhando, inclusive o próprio atleta”. O apoio de empresas privadas, com patrocínios e doações, dá aos atletas e clubes condições que suprem suas carências básicas. “Isso eleva tanto o padrão de qualidade do esporte, quanto a formação de nossos atletas, além de promover a inclusão social por meio do esporte”.

Inúmeros são os projetos de sucesso que já foram aprovados e captados através da Lei em todo o Brasil. No Nordeste ainda são poucos os que estão realizando a pratica de elaboração e captação de recursos, talvez pela falta de informação ou pela falta de profissionais que saibam elaborar projetos e captar recursos. O São Paulo Futebol Clube é um dos que mais tiveram êxito com a chegada da nova LEI e o Atlético Mineiro realiza através dos incentivos fiscais (LIE) um grande projeto na categoria de base do clube. Investimentos na Base é a maior fonte de lucratividade de qualquer clube que tenha pretensões de alcançar melhores resultados.

 Para a De Peito Aberto a Lei de Incentivo ao Esporte é uma grande oportunidade para enxergarmos o futuro através do esporte de forma organizada e sem dificuldades de recursos. Os clubes, as federações, os poderes municipais e estaduais podem pleitear a nova lei desde que estejam com suas certidões negativas e sem nenhum impedimento ou restrição financeira.

Nossa organização também realiza projetos em parceria com os Clubes, federações e poderes públicos para a gestão de projetos e prestação de contas, além da captação de recursos e consultorias.

O que falta para a equipe administrativa do ESPORTE CLUBE BAHIA elaborar um projeto e captar novos recursos para o Clube?

Texto de
Hagmar Madeira
Diretor Executivo da De Peito Aberto Incentivo ao Esporte
hagmar@depeitoaberto.com.br
www.depeitoaberto.com.br

5 thoughts on “Lei de Incentivo ao Esporte

  1. Ja está sendo um bom começo, o sócio torcedor,tendo
    uma grande parcela nos pagamentos dos jogadores,mas
    gostaria de enviar uma sugestão para a Presidencia e
    Diretoria de Marketing; A criação de folhetos com o títu-
    lo sócio patrocinador do Baheeea, que seria uma media
    de 500 folhetos numerados AA0001, por dia nas lojas do
    bahia e sede, com valores de $ 5,00reais, que quisesse
    ajudar, folheto esse que seria destacado,ficando um /
    canhoto com o torcedor,sendo identificado no folheto /
    nome, telefone e email, todo dia faria recolhimentos dos
    folhetos nos pontos de venda distribuido,para con ferencia e no dia seguinte mais 500 folhetoscom outra
    serie e numeração, com facil identificação dos mesmo.

    Acho que será de uma grande ajuda no caixa do clube,
    como tambem os sócios vão ficar bem avontade na hora
    de contribuir com sócio patrocinador do seu querido /
    Baheeea.
    Se der certo poderia fazer uma parceria com a CX e loteria esportiva para contribuição. VAMOS ANALISAR
    E SE NECESSÁRIO FAZER MODIFICAÇÕES.

    SDS TRICOLOR
    PAULO OLIVEIRA-9196-1321
    18.03.11

  2. Prezados Triconautas Euclides e João,

    Como torcedor realmente ficamos insatisfeitos com os resultados do clube. Agora, penso que competência é: SABER FAZER e PODER FAZER. Hoje o Bahia tem condições de prosperar caso venha trabalhar novos projetos e novas tendências na base. Estou dizendo que o futuro do clube a longo prazo pode ser brilhante se houver projetos de impacto imediato. O amadurecimento dos dirigentes é um passo importante para a construção de projetos profissionais e de grande impacto, inclusive através da Lei de Incentivo ao Esporte. Como o clube não consegue obter algumas certidões negativas e consequetemente não pode trabalhatr através da Lei de Incentivo, a alternativa é trabalhar com parcerias que irão viabilizar para o clube uma nova oprotunidade na captação de recursos.

    Abraços

    Hagmar Madeira
    hagmar@depeitoaberto.com.br
    http://www.depeitoaberto.com.br

  3. Prezados Triconautas Euclides e João,

    Como torcedor realmente ficamos insatisfeitos com os resultados do clube. Agora, penso que competência é: SABER FAZER e PODER FAZER. Hoje o Bahia tem condições de prosperar caso venha trabalhar novos projetos e novas tendências na base. Estou dizendo que o futuro do clube a longo prazo pode ser brilhante se houver projetos de impacto imediato. O amadurecimento dos dirigentes é um passo importante para a construção de projetos profissionais e de grande impacto, inclusive através da Lei de Incentivo ao Esporte. Como o clube não consegue obter algumas certidões negativas e consequetemente não pode trabalhatr através da Lei de Incentivo, a alternativa é trabalhar com parcerias que irão viabilizar para o clube uma nova oportunidade.

    Abraços

    Hagmar Madeira
    hagmar@depeitoaberto.com.br
    http://www.depeitoaberto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>